quarta-feira, abril 27, 2005

Momento infantil

"A Revolução dos Cravos" (com um dia de atraso)


Era uma vez uma menina com umas lindas tranças pretas. Essa menina morava numa casa de chocolate no vale encantado e á porta de sua casa tinha um belo jardim com cravos encarnados. Mas a menina não gostava muito dos cravos e por isso não os tratava bem, deixando os cravos muito tristes. A certa altura a menina convidou um grupo de membros da mocidade salazariana para uma festa em sua casa. No fim da pândega grande parte dos convidados alcoolizados regrugitaram tudo em cima dos pobres cravos... Cansados deste tipo abusos, os cravos resolveram unir-se, e disseram: "Puxa... estamos fartos deste tipo de abusos vamos unir-nos!!!".
E assim foi, os cravos cansados de serem constantemente maltratados revoltaram-se, pegaram numa metralhadora, mataram toda a gente que estava na festa, violaram a menina, torturaram-na e depois deixaram que os corvos e os abutres a começem viva. E enquanto a menina estava a ser deglutida ainda viva num pânico agonizante eles empalavam os corpos (muitos deles ainda vivos) entoando a canção de Zeca Afonso "Grândula, Vila Morena"... Depoix foram a uma casa de alterne, embebedaram-se e foram rudes com as "acompanhantes ocasionais". No caminho não pararam numa passadeira, passaram dois sinais stop e assaltaram uma loja de conveniencia... No fim de tudo isto deram o nome para o partido comunista, e converteram-se em muçulmanos...

Moral da história: Escova bem os dentes três vezes ao dia e não comas laranja á noite...



(peço perdão... esta história comprova que eu realmente sou parvo...)

1 Comment:

Anonymous Bertollazi said...

excelente texto paulo!
fartote!

mas olha é : comessem :|

LOLOLOL

mas ta bacano
isso é a verdadeira historia do 74 de abril ne?

quarta-feira, abril 27, 2005 12:27:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Este rodapé serve apenas para te informar que chegaste ao fim da página. Tens 3 opções: a)voltar ao ínicio; b) navegar para outra página; d) o suicídio. Volta sempre! =)